Viagem para Aparecida do Norte

A cidade de Aparecida do Norte, também conhecida somente pelo primeiro nome, está localizada no interior do estado de São Paulo, na região sudeste do território nacional. Histórica e com forte caráter religioso, Aparecida está diretamente ligada à imagem da Padroeira que deu origem ao turismo religioso local. No ano de 1717, três pescadores encontraram, ao jogarem suas redes no Rio Paraíba do Sul, uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, que se tornou a padroeira do Brasil.

A maioria dos turistas da cidade são atraídos pelo Santuário Nacional Nossa Senhora e pelas diversas atividades religiosas que o lugar oferece. A basílica, hoje, é considerada o maior santuário mariano do mundo e o segundo maior templo religioso. Nas festividades do dia 12 de outubro, por exemplo, feriado nacional em comemoração à padroeira, o município recebe cerca de 300 mil visitantes.
Ao conhecer e explorar a cidade você vai perceber que tudo remete à imagem de Nossa Senhora que foi encontrada no rio. Por isso, a maioria dos pontos turísticos é religioso, fazendo com que católicos de várias partes do Brasil procurem o destino como uma opção de passeio.
Confira, a seguir, dicas de viagem para Aparecida do Norte!

Qual é a melhor época para ir?

As datas religiosas são as que mais atraem turistas e fiéis até Aparecida. Se você preferir encontrar a cidade mais vazia, no entanto, os dias de semana costumam ter menos excursões e pessoas pelas rua, o que deixa o lugar mais convidativo a passeios.

O que fazer?

Morro do Cruzeiro –
Separado da cidade pela Via Dutra, é o ponto turístico onde acontece, todas as sextas-feiras da Quaresma, a tradicional Via Sacra. Com seus 685 metros de altura, a rota de peregrinação tem uma ótima vista da paisagem de Aparecida. A famosa e enorme cruz moldada em aço mede 23 metros e pesa 25 toneladas. O local passou por uma grande reforma, que começou em 1999, para receber visitantes, ganhando piso de asfalto, encostas do morro arborizadas, sinalização em todo o trajeto, som e iluminação novos.

Passarela da Fé – Com 389 metros de comprimento e 35 metros de altura, a passarela liga a Matriz Basílica ao Santuário Nacional. Inaugurada em 1972, é uma homenagem a Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Lá de cima é possível ter uma vista panorâmica incrível da cidade.

Teleférico – O teleférico tem uma extensão de 1170 metros e ajuda os visitantes subirem até o topo do Morro do Cruzeiro com conforto e segurança. Os embarques e desembarques das 47 cabines podem ser feitos na Estação Santuário, no Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida, e na Estação Cruzeiro, onde ficam as 14 estações da Via Sacra. Ele funciona das 8h às 17h30, com venda de ingressos nas duas estações, custando R$ 10 por trecho, R$ 5 para crianças de 6 a 11 anos e pessoas acima de 60 anos e grátis para menores de 6 anos.

Morro do Presépio – Localizado no estacionamento do Santuário Nacional, o lugar tem esculturas que reproduzem fatos históricos religiosos importantes do nascimento de Jesus Cristo e outras representações conhecidas pelos fiéis. Nos 7345 m², há um campo de pastores com suas ovelhas, a trilha dos Reis Magos, os anjos do anúncio do nascimento de Jesus e uma estrela suspensa sobre raios de mais de 10 metros de altura.

Capela das Velas – Um dos lugares mais emocionantes para os fiéis visitantes de Aparecida é a Capela das Velas, onde as pessoas fazem preces e orações. O local está sempre lotado de velas acesas, de todos os tamanhos, cuja fumaça ajuda a fazer um efeito único na abóbada da capela. Está aberta de segunda-feira a domingo, das 6h às 19h.

Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida – Segundo maior templo católico do mundo, o santuário recebe cerca de 10 milhões de visitantes por ano, só perdendo para a Basílica de São Pedro, no Vaticano. Inaugurado em 1980, se tornou, no mesmo ano, sacro pelo antigo Papa João Paulo II, quando ele visitou o Brasil pela primeira vez. A igreja em estilo neoclássico foi feita para abrigar a imagem de Nossa Senhora Aparecida e sua torre tem 18 andares, medindo 100 metros.

Matriz Basílica Nossa Senhora Aparecida – Também conhecida como Matriz Velha, a igreja foi construída em 1745 em estilo barroco, marcado por suas torres e sinos, sendo a primeira a abrigar a imagem de Nossa Senhora Aparecida. O monumento é um dos mais visitados de Aparecida e é considerado um símbolo de fé pelos devotos.

Centro de Apoio aos Romeiros – O Centro de Apoio aos Romeiros se destaca pela variedade de produtos – sendo um ótimo lugar para comprar lembrancinhas – e pela boa infraestrutura para acolher seus visitantes. O local se parece com um shopping, contando com 330 lojas, 22 na praça de alimentação, 36 quiosques, telefones e banheiros.

Porto Itaguaçu – Sendo o antigo Bairro das Pedras, Itaguaçu significa “pedra grande” em tupi-guarani. O rio é o local onde a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada, em 1717, e, hoje, os visitantes podem fazer um passeio de barco por ele. O Porto Itaguaçu foi transformado em ponto turístico em 1997, com a inauguração de novas instalações, como iluminação, banheiros, água potável, local para acender velas e segurança 24 horas.

Museu Nossa Senhora Aparecida – O museu conta com um acervo que tem cerca de 3 mil peças, incluindo peças históricas coletadas pelas redondezas de Aparecida e doações de visitantes. Inaugurado em 1956, foi benzido pelo Cardeal Motta, primeiro arcebispo da cidade. O local recebe visitas de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h30, sábado, de 7h às 18h, domingo, de 7 h às 18h30, e aos feriados de 8 h às 16h30, e o preço do ingresso é R$ 6 por pessoa.

Fonte: Pure Viagem. http://www.pureviagem.com.br

Deixe seu Comentário

Curta Nossa Página