10 Destinos Incríveis para conhecer!!!

Spello – Itália

Próxima à Perugia, que sedia um famoso Festival do Chocolate, se encontra entre fortificações a encantadora Spello. A arquitetura ainda carrega traços e ruínas do Império Romano. As vistas são de tirar o fôlego! E as vielas, um convite para se perder entre floreiras, bares, cafés, restaurantes e igrejas erguidas entre os séculos 11 e 13.

Giethoorn – Holanda

Já ouviu falar na “Veneza do Norte”? Assim é chamada Giethoorn, cidade holandesa ligada por canais e pontes. A serena vila a apenas 90 km de distância de Amsterdã tem uma paisagem bucólica, carregada de vegetação e casinhas floridas. Os visitantes passeiam de barco, a pé ou de bicicleta, parando em cafés e lojas que pairam sobre as águas. No inverno o cenário fica mais dramático e a diversão fica por conta da pista de patinação no gelo que se forma nos canais.

Hoi An – Vietnã

A iluminada Hoi An ficou conhecida pelas centenas de lanternas semelhantes a um balão penduradas no centro comercial. É por ali que comerciantes se reúnem para vendê-las e os turistas para admira-las ao cair da noite. Nas noites de lua cheia, um festival para atrair bons fluídos concede às lanternas um outro propósito. A cidade às margens do rio Thu Bon tem muitos encantos, a começar por templos e pagodas históricas que são consideradas Patrimônio Mundial pela Unesco. Casinhas em estilo japonês e francês, legados das influências pelas quais o destino passou, também chamam a atenção.

Hallstatt – Áustria

Ao norte da Áustria está Hallstatt, vilarejo fundado a 7 mil anos atrás. Com menos de mil habitantes, tem cenários cinematográficos que beiram a perfeição. Entre montanhas geladas dos Alpes austríacos estão casinhas, uma pequena igreja e o comércio baseado em produtos artesanais, em sua maioria. Além de um passeio pela cidade num fim de semana, inclua uma visita à mina de sal, que é a mais antiga do mundo.

Colônia do Sacramento – Uruguai

A cidade mais antiga do Uruguai é também uma das mais adoráveis. Datada no século 17, a Colônia conta com cenário pitoresco devido à conservação do Casco Histórico, região central que ultrapassa as barreiras do tempo. Sob influência portuguesa, as construções lembram as de Paraty (RJ) e dos municípios mineiros. Para esticar o passeio, os visitantes podem conhecer ilhas, adegas e vinhedos nos arredores.

Chefchaouen – Marrocos

O continente africano está repleto de maravilhas. Entre elas, Chefchaouen se destaca como a “cidade azul” dos marroquinos. As infinitas ruelas da cor do céu, que é uma herança dos judeus, vão envolvendo os visitantes. Os edifícios foram erguidos a partir de 1471. Um dos principais atrativos da região é o artesanato local, como a tecelagem, a cestaria e a cerâmica.

Banff Town – Canadá

O Parque Nacional de Banff tem uma das paisagens mais lindas e cobiçadas de toda a América do Norte. A cidade que recebe os turistas, na província de Alberta, não fica muito atrás no quesito beleza, a começar pela monumental montanha que se ergue na principal via do centro. A partir dela surgiram restaurantes e bares com culinárias de outras partes do mundo, além de hospedagens confortáveis. É um lugar para desfrutar da natureza, seja em caminhadas, observação das luzes da aurora boreal, esportes radicais, águas termais, passeios de barco e até cinema ao ar livre, com sessões no gramado.

Afuá – Brasil

Muita gente desconhece essa joia do Norte, mas temos aqui uma cidade erguida sob palafitas, estruturas de madeira que sustentam toda uma comunidade acima de um rio. Sem acesso para carros, os moradores da Amsterdã dos Trópicos só andam a pé ou de bicicleta. Construções coloridas em meio à típica vegetação amazônica são um encanto a mais do destino próximo à Ilha do Marajó. E, claro que a culinária regional não pode ficar de fora da viagem. Todo mês de julho é celebrado o Festival do Camarão, que sai fresquinho da água doce direto para os apetitosos pratos que só os nortistas sabem fazer.

Liubliana – Eslovênia

Uma das menores capitais do Velho Continente é também uma das mais apaixonantes. Cortada por um rio de águas límpidas, Liubliana parece ter saído de um conto de fadas moderno. Cercada por uma natureza exuberante, a cidade esbanja cultura e qualidade de vida, com número considerável de atrativos para toda a família. Seja descansando no parque, curtindo os bares com mesas na calçada, visitando museus ou remando de stand up paddle no lago, o público encontra maneiras de se divertir e se encantar.

Alaçati – Turquia

A pequena vila fundada em meados de 1850 na península de Çeşme tem paisagens tipicamente mediterrâneas, semelhantes as da Grécia, ou seja, o charme é garantido. E não é por acaso que existe essa lembrança, pois foram as famílias gregas que chegaram ali para trabalhar. Perca-se nas ruelas com casas de pedra na cor branca e com detalhes coloridos, cafés, restaurantes e lojas. Windsurfers frequentam a região, que tem ventos favoráveis e ondas tranquilas no mar encantadoramente azul. É definitivamente uma das paradas obrigatórias da Turquia, repleta de bons hotéis-boutique para acolher os turistas.

Fonte: https://quantocustaviajar.com/blog/10

Deixe seu Comentário

Curta Nossa Página